Continua após a publicidade..

Auxílio Brasil: Como garantir o seu direito a R$600 por mês pelo app

Rafael Rodrigues   |   23-04-2024   |   Aplicativos

O Auxílio Brasil já está sendo pago para quem pode receber. É muito fácil descobrir se você está apto. Para ter mais detalhes, continue lendo o conteúdo que preparamos.

Com a mudança no Governo Federal, o Auxílio Brasil deixou de ter esse nome e voltou a se chamar Bolsa Família. A estratégia havia sido adotada em 2021. O objetivo era unificar o Bolsa Família e o Auxílio Emergencial, por conta da pandemia.

Continua após a publicidade..

O novo governo tentou deixar o serviço mais simples, por isso acabou retornando para o nome que já era mais comum. Você mesmo já deve ter se confundido ao procurar informações sobre o Bolsa Família e não encontrar. Fique tranquilo, pois nosso artigo está bem completo!

Conheça um pouco mais sobre o Auxílio Brasil (Bolsa Família)

O programa foi reajustado pela última vez em 2022. O valor mínimo atual é de R$600. Caso a pessoa receba outros benefícios, o pagamento do Bolsa Família deve complementar o valor para os R$600.

Segundo o Governo Federal, o programa visa combater a pobreza e diminuir a desigualdade social. A renda por pessoa não pode ser superior a R$218. O objetivo é auxiliar quem realmente precisa do benefício. Portanto, só recebe o auxílio quem está eleito pelas regras.

Caso você se enquadre nesse, nós te ensinamos a solicitar o serviço.

Entenda como solicitar o Bolsa Família

Em primeiro lugar, só quem está inscrito no Cadastro Único do Governo Federal é quem pode receber o Bolsa Família. A princípio, você pode fazer sua inscrição presencialmente, em uma unidade do Centro de Referência da Assistência Social, o CRAS. Agora todas as cidades tem um. A documentação para o auxílio é informada depois que o cadastro é feito.

Saiba como garantir o Auxílio Brasil

(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Depois, imediatamente após a solicitação de inclusão, o usuário pode baixar o app do Cadastro Único e acompanhar o andamento da solicitação. Saiba que você pode checar outros serviços pelo aplicativo. Tudo pode ser feito de casa, pelo celular ou computador.

O inscrito tem o valor depositado mensalmente em sua conta, nem precisa ir até uma agência bancária. Para isso, é necessário atualizar o cadastro sempre. Se não, o governo pode cortar o benefício.

Conheça os aplicativos para consultar o serviço

Portanto, lembre-se: os aplicativos oficiais são os únicos que devem ser levados em consideração na hora de buscar informações sobre o serviço. Por isso é importante saber quais são eles e não cair nos golpes que existem hoje em dia.

Golpistas estão sempre atualizados, ainda mais para roubar informações preciosas. Os aplicativos oficiais para acompanhar benefícios do Governo Federal são: Gov.BR e o Cadastro Único. Apenas essas fontes são canais oficiais do governo. Tenha muito cuidado ao acessar!

Você quer saber como acessar os serviços? Nós vamos te ensinar como! Os dois aplicativos estão disponíveis para as duas plataformas mais comuns de smartphone: Android e iOS. Ainda assim é importante frisar que os dois são grátis, mais um motivo para ficar alerta em relação aos golpes. Nada de pagar para usar!

Atenção para o download

Leia mais: Melhore sua pescaria usando esses aplicativos

Continue acessando o Consulte Online e fique por dentro de todos os assuntos do seu cotidiano!

Posts relacionados
SBT no Celular! Confira esses aplicativos grátis
SBT no Celular! Confira esses aplicativos grátis Cansado de ficar preso em casa para assistir seus programas favoritos
​Como assistir ao anime One Piece pelo celular
​Como assistir ao anime One Piece pelo celular ​Não é segredo para ninguém que One Piece é um dos animes
Será Isso Amor? Descubra onde assistir grátis!
Será Isso Amor? Descubra onde assistir grátis! Apaixonou-se pela química entre Eda e Serkan em "Será Isso Amor?" e
Aplicativos para assistir Liga Concacaf Champions Cup
Aplicativos para assistir Liga Concacaf Champions Cup A empolgação da Liga Concacaf Champions Cup está de volta! Afinal,