Continua após a publicidade..

Saiba como prevenir essas 5 doenças comuns em seu gato

Redação   |   16-04-2024   |   Pets

Embora os gatos sejam conhecidos por sua independência, eles também tendem a ficar doentes, e a melhor maneira de evitar doenças comuns em gatos é entender esses problemas.

Preparamos um guia que contém as cinco principais doenças dos gatos, seus sintomas e tratamentos para cada doença. Para pessoas com gatinhos em casa, essas informações são moedas de ouro!

1. FIV (Imunodeficiência Viral Felina)

Conhecida como AIDS Felina, a FIV ou Imunodeficiência Viral Felina é uma das doenças mais temidas. O vírus ataca o sistema imunológico dos gatos e pode levar à morte, principalmente devido a infecções que se aproveitam da falta de defesa do organismo.

A transmissão de algumas doenças comuns em gatos pode se dar por relações sexuais. É o caso da FIV, embora a forma mais comum seja por meio do contato de um gato saudável com a saliva de um gato infectado. Por isso, a enfermidade é mais comum entre os pets que andam livremente ou que frequentemente se envolvem em brigas.

Continua após a publicidade..

Sintomas e prevenção

Os sintomas do vírus da imunodeficiência felina variam de animal para animal, mas geralmente incluem perda de apetite, febre e aumento dos gânglios linfáticos. Portanto, preste atenção a todos os sinais.

Não existe vacina para gatos que possa curar o FIV. Portanto, um animal de estimação que é diagnosticado precisa de tratamento e acompanhamento por toda a vida. A melhor forma de prevenir a doença é a castração, que inibirá o comportamento agressivo do gato e fará com que ele prefira ficar em casa.

2. FELV (Leucemia Viral Felina)

Outra doença comum e muito perigosa, o FELV é um dos principais problemas de saúde dos gatos. Esta sigla vem do inglês e significa “vírus da leucemia felina”. Como a fertilização in vitro, ela enfraquece o sistema imunológico e causa complicações.

A transmissão ocorre através do contato entre a saliva de um gato infectado e um gato saudável. Como os gatos gostam de se lamber, isso pode ser um problema em termos de prevenção.

Sintomas e prevenção

Os sintomas óbvios incluem perda de apetite, febre e apatia, mas apenas um veterinário pode diagnosticar essa condição. Não há cura para o FELV e os animais infectados devem ser tratados pelo resto da vida. Porém, com acompanhamento adequado, é possível ter uma boa qualidade de vida.

Para prevenir, a principal recomendação é a castração, que ajuda a evitar que o gato saia de casa. Para famílias com mais de um gato, é melhor equipar cada animal com um comedouro, bebedouro e brinquedos separados.

3.Insuficiência renal

Quem é gateiro sabe que bichano não gosta muito de água. Acredita-se que isso esteja relacionado à origem da espécie, pois alguns estudos mostram que os gatos domésticos são originários de áreas desérticas.

No entanto, a baixa ingestão de água pode causar uma doença comum em gatos: insuficiência renal. É muito comum em gatos idosos e ocorre quando os rins não funcionam bem, o que pode causar anemia, apatia, diarreia e desidratação.

Prevenção e tratamento

O tratamento da insuficiência renal em gatos pode variar de mudanças na dieta ao uso de medicamentos. A hidratação é o principal meio de prevenção da doença renal. Bebedouros são perfeitos para gatos que gostam de água corrente.

Você pode encontrar o bebedouro ideal para seus amigos em lojas bem equipadas como a Petz. Outra dica é usar ração de alta qualidade e tentar misturar ração seca e úmida, tanto quanto possível. Portanto, a insuficiência renal é uma das doenças evitáveis ​​em gatos.

4.Obesidade

A obesidade é um dos maiores problemas de saúde hoje, o que não é novidade, mas poucos se lembram de que também atinge os animais de estimação.

Embora gatos gordos sejam encantadores, a obesidade pode causar complicações como diabetes, problemas nas articulações e no coração. Portanto, não se esqueça de tratar a obesidade, porque você acha seu animal de estimação fofo!

Prevenção e tratamento

Felizmente, em muitos casos, essa doença pode ser evitada por meio de uma dieta controlada e de alta qualidade. Lembre-se de que as rações são cuidadosamente preparadas para fornecer nutrição ideal para animais de estimação que não precisam de alimentação humana.

5.Cálculos renais

A doença mais comum são pedras causadas pela falta de umidade na vulva. Também conhecidas como pedras nos rins, elas podem fazer com que seu filho de quatro patas fique muito angustiado e, em alguns casos, podem causar infecções em gatos.

O sinal mais óbvio de cálculo renal geralmente é sangue na urina. Se o cálculo dificultar sua passagem, a situação vai piorar.

Prevenção e tratamento

O tratamento de pedras nos rins inclui mudança de dieta, fortalecimento da hidratação e, em alguns casos, intervenção cirúrgica é necessária para limpar o trato urinário.

Para evitar que o seu gato adoeça o máximo possível, sempre dê água potável ao seu animal de estimação. A alimentação úmida também é uma boa escolha para garantir mais hidratação.

Fique atento ao seu pet

Embora cada doença requeira diagnóstico e tratamento específicos, determinados comportamentos podem garantir maior qualidade de vida aos gatos, como boa nutrição, água adequada e acesso restrito à rua.

VEJA TAMBÉM:

📌1 Kg de ração dura quanto tempo? confida agora.

📌Aprenda como conseguir empréstimo mesmo negativado.

📌Aprenda como baixar app que ensina crochê pelo celular.

 

Se você gostou de saber sobre essas dicas, deixe seu comentário abaixo.

Posts relacionados
Meu gato não quer comer e está triste: o que pode ser?
Meu gato não quer comer e está triste: o que pode ser? Para os pais com animais de estimação, encontrar um bebê de quatro
1 kg de ração dura quanto tempo? Confira a estimativa para cães e gatos
1 kg de ração dura quanto tempo? Confira a estimativa para cães e gatos Tempo de leitura: 4 minutos Por quanto tempo posso comer 1 kg de